A Courgette continua a crescer

Artigo pertence a: A varanda

Parece impossível mas mesmo em pleno maio o tempo continua muito incerto na Horta Urtiga.

A cada semana parece que surgem as quatro estações do ano. Pode estar temperatura elevada à segunda-feira e na quinta-feira estar chuva e temperaturas inferiores a 10º. Nem vale a pena pensar muito nisso e a verdade é que independentemente do tempo que está temos que nos adaptar.

As plantas da Horta Urtiga estão com bom aspeto de um modo geral mas todas as semanas acontece algum problema com o qual é preciso lidar. Para além do oídio que apareceu em algumas folhas da courgette, também as folhas dos tomateiros esta semana têm umas manchas esquisitas. Após ter lido um pouco cheguei à conclusão que é um fungo que se propaga quando há chuva e temperaturas elevadas. Acho que os fungos gostam disso.

Coincidência ou não, esta semana chegaram a minha casa dois produtos que aguardava há algum tempo: Óleo de Neem e Epsom Salt (sulfato de magnésio). O primeiro produto é a quinta essência do universo no que ao controlo de pragas diz respeito e já tratei de o aplicar ontem na Horta Urtiga. Apesar de ter comprado o produto para de forma preventiva controlar a praga que mais chatice me deu o ano passado (lagartas de borboleta branca), espero que seja útil no controlo destes fungos que têm assolado as plantas. Daqui por uns dias irei fazer um artigo sobre a utilização do Óleo de Neem na Horta Urtiga

 

Tomateiros

Os tomateiros continuam a crescer a olhos vistos e estou a ponderar substituir as estacas que estão nos vasos por um fio que vai do teto da varanda até aos vasos. Dessa forma os tomateiros podem crescer muito mais e eu tenho curiosidade de ver até onde (altura) eles podem crescer.

Continuam a aparecer pequenos tomates verdes e neste momento existem cerca de 8 grupos de flores com +/- 15 flores cada um. Se todas estas flores produzirem um tomate já seria uma colheita interessante 🙂 .

Continuei a fazer a poda e parece-me que os pequenos ramos que coloquei em água para a semana já terão raízes. Nessa altura vou tentar plantá-los.

 

Os pimenteiros

Os pimenteiros continuam com a sua eterna recuperação.

Os pimenteiros padrón e branco já possuem muitas folhas e começam a aparecer os botões das primeiras flores.

Quanto aos restantes pimenteiros, apenas um deles está com bastante folhagem. Há um que não produziu qualquer flor desde a poda e, na eventualidade de não produzir nenhuma até ao momento em que eu for trazer as mudas de manjericão para colocar na varanda, terá que dar a vez 😉 .

Sei que já disse isto antes mas vale sempre a pena repetir. Os pimenteiros não gostam de tempo frio e tenho perfeita noção que os plantei demasiado cedo.

 

As Courgettes

Esta semana optei por retirar da terra uma das duas courgettes que tinha plantadas no mesmo vaso. Esta planta que removi tinha um décimo do tamanho da outra e estava cheia de manchas brancas e com as folhas amarelas. Senti que não estava a fazer bem à outra planta e decidi desta forma. Mais uma coisa a lembrar: courgettes, é uma por vaso 😉 .

Entretanto a planta já tem duas flores bastante grandes. Vamos lá ver se abrem esta semana para depois verificar se são macho ou fêmea. Ao contrário dos tomateiros e dos pimenteiros, a polinização das courgettes obriga a mais algum trabalho, mas depois explico-te como se faz.

As alfaces e rúcula

As alfaces e a rúcula continuam a crescer muito bem e não deteto qualquer bicharada por perto. A mesa onde tenho estas plantas está coberta de cor verde e é um regalo de se ver. Temos feito umas belas saladas cá em casa.

A experiência com as alfaces plantadas muito juntas tem corrido como previsto e o amontoado, apesar de cortar as folhas regularmente, não parece ficar reduzido (é a caixa de cultivo que está do lado direito, encostada ao espantalho). Tento cortar as folhas maiores e deixar sempre 3 a 4 folhas em cada pé de alface.

Alfaces

O tempo

Sabes que mais, esta semana não vou falar do tempo 😉 . A coisa tem saído sempre furada e como tal nem vale a pena fazer planos. Ou o tempo se começa a portar bem ou deixo de falar dele!

Até ao próximo artigo!